Anjinho Miguel

Padroeiro:

Da Igreja Católica, dos policiais, dos paraquedistas, dos motoristas de ambulância, dos paramédicos, dos fuzileiros navais, dos radiologistas, dos marinheiros e das mercearias.

História:

Miguel, que significa “ninguém é como Deus”, ou “semelhança de Deus”, é considerado o príncipe guardião e guerreiro, defensor do trono celeste e do Povo de Deus. Fiel escudeiro do Pai Eterno, chefe supremo do exército celeste e dos anjos fiéis a Deus, Miguel é o arcanjo da justiça e do arrependimento, padroeiro da Igreja Católica.

Na tradição da igreja ele é o chefes dos anjos no céu. A igreja honra Miguel com quatro títulos:

Primeiro, ele é o anjo da morte. Assim assiste cada alma na sua jornada final após a morte, até o céu para julgamento. A tradição diz que Miguel dá uma última chance para todas as pessoas a se redimirem antes da morte e assim provoca consternação ao demônio e seus seguidores.

Segundo, ele é um padroeiro especial, e protetor do povo escolhido no Velho Testamento.

Terceiro, ele é o supremo inimigo de Satã e segundo o Livro das Revelações ele lutará contra Satã e virá, no final dos tempos, comandando tropas de anjos do Senhor para a luta final.

Quarto, ele é o guardião da Igreja.

Oração:

Príncipe Guardião e Guerreiro
defendei-me e protegei-me com Vossa espada,
não permita que nenhum mal me atinja.

Protegei-me contra assaltos, roubos, acidentes,
contra quaisquer ato de violência.

Livrai-me de pessoas negativas.

Espalhai Vosso manto e Vosso escudo de proteção em meu lar,
meus filhos e familiares.

Guardai meu trabalho, meus negócios e meus bens.

Trazei a paz e a harmonia.

Mensagem:

Share Button