Santinha Pelágia

Padroeiro:

Das dançarinas, das atrizes e dos cômicos.

História:

Pelágia vivia em Antioquia, na Turquia, no século III. Ela era uma bailarina belíssima, muito divertida, festiva e pagã. Costumava encantar e seduzir os homens com sua dança, alegria, roupas, jóias e outros ornamentos luxuosos que usava. E assim ela se tornou uma das figuras mais conhecidas da vida mundana e social daquela cidade. Além, claro, de ter conseguido uma sólida riqueza e grande influência, onde muitos nobres ricos vinham apenas para estar com ela, que cada vez mais aumentava suas posses e poder.

Certa vez a sua ostentação chamou a atenção do bispo Nono durante uma procissão, na qual Pelágia assistia como se fosse um simples espetáculo, ricamente vestida e cercada por alguns pretendentes. O sábio bispo, então, questionou a multidão: se uma mulher era capaz de enfeitar-se daquela forma para chamar a atenção de um simples homem mortal, como deveríamos nós adornar a nossa alma destinada a Deus eterno? Aquela observação tocou o coração da bailarina.

Ela foi para casa refletindo sobre as palavras do sermão, lá chorou de arrependimento a noite toda. No dia seguinte, procurou o bispo, que a enviou a uma senhora cristã, para ser preparada para o batismo. Foi assim que, depois, trocou as roupas e adereços de seda e ouro por uma túnica branca para ser batizada. À noite, com autorização dele, Pelágia trocou sua túnica por uma de penitente e abandonou Antioquia. Foi a pé para Jerusalém, viver como eremita numa gruta, no Monte das Oliveiras, onde Jesus viveu sua agonia da Paixão.

Quando chegou lá, estava vestida como homem para evitar que sua beleza perturbasse os outros eremita, e assim viveu sendo chamada de Pelágio, de tal modo que todos a esqueceram. Quando morreu, os ermitãos que desconheciam sua origem descobriram que Pelágio era uma mulher. Foi então que reconheceram tratar-se da bailariana da Antioquia, agora uma simples penitente arrependida, que se anulara do mundo, no seguimento do Cristo.

Oração:

Deus, nosso Pai, sede nossa luz e nossa direção neste dia. Velai por nossa saúde e por nossa paz interior. Ajudai-nos, pela intercessão de Santa Pelágia, a sermos mais nós mesmos e assim encontraremos a alegria e a paz interior. Ajudai-nos a viver intensamente cada momento e nossa vida, sabendo que tudo caminha rumo à unidade perfeita. Por Cristo nosso Senhor.

Amém

Mensagem:

Share Button