São Pedrinho de Alcântara

Padroeiro:

Do Brasil.

História:

São Pedro de Alcântara, de nome de batismo Juan de Garabito y Vilela de Sanabria, foi um frade franciscano espanhol que fez grandes reformas na sua ordem religiosa, a Ordem dos Capuchinhos, no Reino de Portugal.

Rigorosíssimo no espírito de pobreza e mortificação, deu nova vida à então decadente espiritualidade franciscana. Usava um hábito velho e surrado, andava descalço. Dormia apenas duas horas por noite, comia somente um dia, um dia não, e colocava cinza sobre a comida para não sentir nenhum prazer no alimento.

Era notável pregador e místico, amigo e confessor de Santa Teresa d’Ávila a quem ajudou, em 1559, na tarefa de reforma da Ordem dos Carmelitas.

Assistiu as horas derradeiras do piedoso rei D. João III, de Portugal, e respondeu a muitas consultas do imperador Carlos V e a do próprio rei.

Ao morrer, ardendo em febre, recusou um copo de água que lhe ofereciam lembrando-se de que Jesus Cristo também sofrera sede. Pouco depois expirou e, Santa Teresa teve uma visão de sua alma subindo ao Céu.

É o santo padroeiro do Brasil, junto a Nossa Senhora Aparecida. A Família Real portuguesa e a Imperial brasileira sempre tiveram grande devoção por esse Santo admirável, tanto que o imperador D. Pedro II recebeu o nome de Pedro de Alcântara em homenagem a ele.

Foi canonizado pelo Papa Clemente IX em 1669.

Oração:

Deus e Senhor nosso, que nos dais, em vossos santos, admiráveis exemplos de virtudes, e que, no bem-aventurado São Pedro de Alcântara, nos apresentais um
modelo acabado de oração, de humildade, de penitência e de caridade ardente:

Fazei que copiemos, em nosso coração, tão eximias virtudes, e que apenas na cruz e na mortificação, que são chaves do céu, ponhamos, como São Pedro, nossas
maiores complacências.

Amém

Mensagem:

Share Button