Joaninha d’Arc

Padroeiro:

Dos soldados.

História:

Joana d’Arc nasceu camponesa no leste da França, mas se tornou heroína nacional.

A Igreja Católica Romana, no fim, transformou-a em santa. Aos 12 anos, Joana acreditava que tinha visões e que recebia orientação dos santos, que lhe disseram que Deus queria que ela ajudasse Charles de Ponthieu a reconquistar o reino francês e a pôr um fim na ocupação da Inglaterra.

Depois que Joana recebeu o comando titular de um exército, seu apoio espiritual motivou seus soldados, e eles derrotaram os ingleses na cidade de Orleans, em abril de 1429. Essa foi sua primeira de muitas campanhas militares bem-sucedidas no final da Guerra dos Cem Anos, até sofrer uma emboscada, em 1430, pelos borgonheses, um grupo de franceses que apoiavam os ingleses.

Joana, aos 19 anos, foi mantida prisioneira durante meses antes de passar por um processo inquisitório. Foi acusada de heresia, condenada e executada em uma fogueira, em 1431. Após um julgamento póstumo autorizado pelo Papa Calisto III, Joana foi declarada inocente, em 1456. Em 1920 ela foi canonizada pelo Papa Bento XV.

Oração:

Ó Santa Joana d’Arc,

Vós que, cumprindo a vontade de Deus, manifestada por vozes de anjos, de espada em punho, lançastes à luta, por Deus e pela Pátria, ajudai-me a perceber, no meu íntimo, as inspirações de Deus. Com o auxílio da vossa espada, fazei recuar os meus inimigos que atentam contra a minha fé e a Minha Pátria. Santa Joana d’Arc, ajudai-me a vencer as dificuldades no lar, no emprego, no estudo e na vida diária. Que nem opressões, nem ameaças, nem processos, nem mesmo a fogueira me obriguem a recuar, quando estou com a razão e a verdade. Santa Joana d’Arc, iluminai-me, guiai-me, fortalecei-me, defendei-me.

Amém.

Mensagem:

Share Button