Madre Teresinha de Calcutá

Padroeiro:

Dos pobres e dos incapacitados.

História:

Agnes Gonxha Bojaxhiu nasceu em Skopje, na Macedônia, em 1910.

Aos 17 anos de idade, Agnes foi para a Irlanda para ingressar na ordem das irmãs de Nossa Senhora de Loreto. Aprendeu a falar inglês, adotou o nome de Irmã Teresa e foi treinada para a vida religiosa. Quando fez seus votos finais, em 1937, já estava em Calcutá na Índia, lecionando em um convento, do qual se tornou diretora. Em 1946, recebeu sua nova missão que era servir os mais pobres dos pobres, dos quais existiam milhares, senão milhões em Calcutá.

Daquela época em diante, Teresa passou a se vestir com um sári e percorrer descalça as favelas da cidade. Em 1950, tornou-se cidadã indiana e também recebeu aprovação do Vaticano para sua nova Ordem das Missionárias da Caridade.

Madre Teresa era uma chama de força tranqüila. De estatura pequena e esguia, ela irradiava tal serenidade e energia espiritual que emocionava quase todos que encontrava. Algumas pessoas questionavam se seu trabalho fazia uma diferença significativa em um mundo tão cheio de famintos e desesperados. A própria Madre Teresa nunca analisou sua obra em termos estatísticos.

Em 1979, seus esforços incansáveis pelos pobres foram reconhecidos quando ela recebeu o Prêmio Nobel da Paz. Ao falecer em 5 de setembro de 1997, pessoas de todo o mundo lamentaram a morte de uma das maiores humanitárias do século XX.

Oração:

Mantenha suas mãos puras para que Jesus
possa trabalhar com suas mãos.

Mantenha sua mente pura para que
Jesus possa pensar seus pensamentos em sua mente.

Mantenha seu coração puro para que Jesus possa
amar com seu coração.

Peça a Jesus para viver sua própria vida em você porque:

Ele é a Verdade da humildade.
Ele é a Luz da caridade.
Ele é a Vida da santidade.

Amém.

Mensagem:

Share Button