Nossa Senhorinha das Lágrimas

Padroeiro:

 

História:

No Instituto das Irmãs Missionárias de Jesus Crucificado, viveu a Irmã Amália de Jesus Flagelado, que também foi distinguida com os Sagrados Estigmas de Cristo.

A esposa de um parente da Madre Fundadora adoeceu gravemente, onde médicos declararam não haver mais possibilidade de cura. Com lágrimas nos olhos o pobre marido queixou-se: “O que será das minhas crianças pequenas?”

Os problemas do pai aflito foram diretamente ao coração da Irmã Amália. No mesmo instante ela pensou no Divino Salvador e sentiu então um impulso interior que a chamava para junto do Tabernáculo. Imediatamente foi para a Capela, ajoelhou-se com os braços estendidos e disse a Jesus: “Se existir alguma possibilidade de salvar aquela mulher, eu estou pronta para oferecer minha vida pela mãe de família. O que o Senhor quer que eu faça?”

Jesus assim respondeu:

“Se deseja obter esta graça, peça-a a Mim pelos merecimentos das Lágrimas de Minha Mãe.

Minha filha, o que os homens Me pedem pelas lágrimas de Minha Mãe, Eu amorosamente concedo. Mais tarde, Minha Mãe entregará este tesouro para o nosso querido Instituto, como um sinal de Sua Misericórdia.”

Em 8 de março de 1930, Irmã Amália teve uma aparição de Nossa Senhora, que deslizou em direção à ela, segurando em Suas mãos um branco rosário brilhante, que lhe entregou dizendo:

“Por meio deste rosário o demônio será derrotado e o poder do inferno destruído. Arme-se para a grande batalha.”

O Rosário das Lágrimas tem 49 pequenas contas brancas divididas em 7 partes. É semelhante ao Rosário das Sete Dores de Maria e tem, no lugar da Cruz, a medalha de Nossa Senhora das Lágrimas.

A medalha de Nossa Senhora das Lágrimas realizou numerosas conversões não só no Brasil. Houve mais notícias ainda de intervenções singulares e até curas milagrosas, graças à recitação do terço de Nossa Senhora das Lágrimas.

Oração:

Oração Inicial: “Eis-nos aos Vossos pés, ó dulcíssimo Jesus Crucificado, para Vos oferecer as Lágrimas d’Aquela que, com tanto amor, Vos acompanhou no caminho doloroso do calvário.

Fazei, ó bom Mestre, que nós saibamos aproveitar a lição que elas nos dão para que, realizando a Vossa Santíssima Vontade na terra, possamos um dia, nos céus, Vos louvar por toda a eternidade. Amém.”

Nas contas maiores: “Vede, ó Jesus, que são as lágrimas d’Aquela que mais Vos amou na terra. E que mais Vos ama nos céus.”

Nas contas menores: “Meu Jesus, ouvi os nossos rogos. Pelas lágrimas de Vossa Mãe Santíssima.”

No final da Coroa: “Vede, ó Jesus, que são as lágrimas d’Aquela que mais Vos amou na terra… E que mais Vos ama nos céus.” (3 vezes)

Oração Final: Virgem Santíssima e Mãe das Dores, nós Vos pedimos que junteis os Vossos pedidos aos nossos, a fim de que Jesus, Vosso divino Filho, a quem
nos dirigimos, em nome das Vossas Lágrimas de Mãe, ouça as nossas preces e nos conceda, com as graças que desejamos, a coroa eterna. Amém.

Mensagem:

Share Button