Nossa Senhorinha do Divino Amor

Padroeiro:

De Roma.

História:

Em 1740, quando voltava para Roma, um peregrino foi surpreendido por alguns cães raivosos. Cercado, o homem vê no alto de uma torre a imagem de Nossa Senhora e uma pomba desce como símbolo do Espírito Santo, o Divino Amor. O pobre homem lhe pede ajuda. No mesmo instante os cães se acalmam e vão embora.

Logo que o homem chegou a Roma e contou o fato, iniciaram-se peregrinações ao castelo onde a Virgem se manifestou, cerca de 15 Km da cidade.

Outro acontecimento foi no dia 4 de junho de 1944, durante a segunda guerra mundial, quando os aliados chegavam próximo a Roma, o papa Pio XII rezou pedindo que Nossa Senhora do Divino Amor livrasse a cidade do bombardeio. Nessa mesma noite as resistências nazistas caíram, e os alemães deixaram Roma sem combate com os aliados. O papa agradece a Nossa Senhora e a proclama Salvadora de Roma.

Oração:

Óh Maria, Mãe Puríssima do Verbo de Deus Esposa Imaculada do Espírito Santo Rainha e Senhora do Divino Amor volvei para nós vosso olhar compassivo! Mãe de Misericórdia, convertei-nos de nossos pecados Mãe da Divina Graça, obtende-nos de Jesus, Vosso Filho todas as graças que sabeis nos serem necessárias.

Protegei a Santa Igreja; dai-lhe uma liberdade segura e completa que a faça triunfar de seus inimigos. Suscitai em nossa Paróquia numerosas e santas vocações sacerdotais. Defendei a inocência das crianças convertei os pecadores, assisti os enfermos socorrei aos necessitados, e, pelo Divino Amor de que sois a Soberana Senhora e dadivosa Rainha levai todos os corações ao Coração de Vosso Divino Filho.

Amém

Mensagem:

Share Button