São Vincentinho

Padroeiro:

Dos vinhateiros.

História:

No ano 325, na cidade espanhola de Huesca, nasceu o jovem Vicente, padre dedicado que se destacava por seu trabalho, tanto que o bispo de Saragoza, Valério, lhe confiou a missão de pregador cristão e doutrinador catequético. Valério e Vicente enfrentavam, naquela época, o imperador Diocleciano, que perseguia os cristãos na Espanha. Os dois acabaram sendo presos por um dos homens de confiança do imperador, Daciano, que baniu o bispo e condenou Vicente à tortura. O martírio sofrido por Vicente foi tão brutal, a ponto de surpreender os carrascos.

Ao final daquele dia 22 de janeiro, os carrascos decidiram matar-lhe com garfos de ferro, dilacerando-o completamente.

O corpo de Vicente foi resgatado por cristãos, que o sepultaram em uma capela perto de Valência. Depois, seus restos mortais foram levados à Abadia de Castes, na França, onde foram registrados milagres. Em seguida, foram levados para Lisboa, na Catedral da Sé, onde estão até hoje. Vicente foi canonizado e recebeu o nome de São Vicente Mártir, hoje santo padroeiro de São Vicente e de Lisboa.

Oração:

Senhor, Deus Omnipotente e Misericordioso,
louvores Vos sejam dados por todos os séculos dos séculos.
Assim seja: Senhor meu, rogo-vos, com inteira fé em Vossa
infinita misericórdia sede propício à intercessão do Bem aventurado
São Vicente Mártir em favor de vosso filho.

Bem aventurado São Vicente Mártir que, pelos méritos do Santíssimo
Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, obtivestes o privilégio de
afastar do mau caminho aqueles que se entregam ao vícios
peço-vos lançar o vosso bondoso olhar sobre (…)
compadecendo-vos dos seus sofrimentos físicos e morais.

Suplico-Vos, glorioso São Vicente Mártir, intercedei junto ao
Altíssimo para que (…) abandone o seu vício, aborreça-o,
esqueça-o, e nunca mais se entregue à esse mal,
que mata o corpo e a alma.

Amém.

Mensagem:

Share Button