Nossa Senhorinha do Livramento

Padroeiro:

História:

A Virgem Maria é invocada com o título de Nossa Senhora do Livramento para relembrar o livramento do fidalgo português Rodrigo Homem de Azevedo, preso pelo Duque de Alba, no século XVI.

Quando a Espanha dominou Portugal, na unificação conhecida como ”União Ibérica”, todos os portugueses que se negassem render homenagens aos invasores, e especialmente a Felipe II foram presos imediatamente

A esposa de Rodrigo Homem de Azevedo, devotíssima de Nossa Senhora, vendo o risco que corria a vida de seu marido, recorreu à rainha do céu, neste momento de angústia. Durante nove noites, a dedicada esposa sonhou com a virgem Maria que lhe aparecia dizendo-lhe: – ”Não te agastes! Eu, que tudo posso, o livrarei. Se puderes, em algum tempo, edificar-me-ás uma casa”.

Terminada a novena, entre todos os detidos, somente Rodrigo Homem recebeu a ordem de voltar para sua casa. Seus amigos foram cumprimentá-lo e, dele, ouviram a narrativa da grande graça que lhe concedera a Mãe de Deus.

Oração:

Mãe Santíssima, Senhora do Livramento!
Com toda disponibilidade a Senhora se
colocou a serviço de Deus e dos irmãos
e irmãs.

Com perseverança levou adiante Sua missão.
Com carinho educou o Menino Jesus, ao lado
de São José, formou o Santo Lar de Nazaré
onde reinou a paz, a união e a concórdia.

Cuida de nossa família e livra-nos da descrença,
do orgulho, da ambição, da desunião, do rancor,
do ódio e dos perigos, da imortalidade.

Ó Mãe Querida, conduzi-nos a seu Filho Jesus
nosso Salvador, a fim de que façamos tudo
o que “ELE” nos disser.

Senhora do Livramento, abençoai-nos e
guardai-nos junto de vosso coração e
conduzi-nos ao coração Amoroso do Pai Eterno.

Nossa Senhora do Livramento livrai-nos de todos os perigos do corpo e da alma.

Amém

Mensagem:

Share Button