Santinha Catarina de Sena

Padroeiro:

Dos enfermeiros, contra o fogo, doenças corporais, abortos naturais e tentações.

História:

Nascida em Siena, na Itália, em 1347, Catarina ouviu o chamado de Deus desde sua infância, aproveitando o silêncio e a solidão de sua casa para rezar e, em segredo, flagelar seus ombros com uma corda, por amor a Deus.

Ainda com sete anos, Catarina suplicou à Virgem Maria que a conservasse casta, a fim de tornar-se esposa de Jesus.

Para fugir de seus pais, que queriam vê-la casada, Catarina cortou sua longa cabeleira, sem lhes dizer uma palavra. E para castigá-la, sua mãe a impediu de ter um quarto próprio, e a colocou para viver com o irmão Stefano. Mas nem isso a podia afastar de sau fé. Durante o dia, enquanto Stefano se atarefava, Catarina tinha o quarto só para ela, e à noite Stefano dormia como uma pedra, sem perceber das longas vigílias que a irmã passava em oração.

Visitada em sonho por São Domingos de Gusmão, Catarina tomou a firme resolução de tornar-se ”mantelata” – como eram chamadas as leigas da ordem dominicana. Quando comunicou a decisão aos familiares, as reações foram as mais negativas possíveis. Seu pai, no entanto, acalmou a todos com sua maturidade: ”Deixem-na inteiramente livre para servir a seu Esposo e rezar assiduamente por nós. Jamais teríamos sido capazes de proporcionar-lhe tão gloriosa aliança. Não nos lamentemos, pois, se, ao invés de tomar por esposo um homem mortal, ela se entregar ao Deus feito homem, que é eterno”.

Voltando a ter um quarto só para si, Catarina entregou-se com assiduidade à vida de penitência, unindo às suas severas mortificações corporais e a seus rigorosos jejuns um amor filial a Jesus.

Admitida, então, na Ordem Terceira de São Domingos, não demorou muito para que sua vida de virtudes atraísse as pessoas à sua volta. Em torno dela foi se constituindo uma verdadeira família espiritual. Tratava-se de pessoas fascinadas pela respeitabilidade moral desta jovem mulher de elevadíssimo nível de vida, e por vezes impressionadas também pelos fenômenos místicos aos quais assistiam, como os frequentes êxtases. Muitos se puseram ao seu serviço e sobretudo consideraram um privilégio ser orientados espiritualmente por Catarina. Todos carinhosamente chamavam Catarina de “dolcissima mamma”, pois se consideravam seus filhos espirituais.

Ao lado de uma sólida vida interior, Santa Catarina de Sena desempenhou um papel fundamental na história da Igreja, ao pedir ao Papa Gregório XI o fim do terrível grande cisma do Ocidente.

Com seus ensinamentos, Catarina não só pedia a volta do clero à pureza dos costumes, mas também o respeito devido aos sacerdotes pelo caráter que receberam no sacramento da Ordem. Quando se procura os sacerdotes para receber os sacramentos ou quando se beija as suas mãos ungidas, não se faz isso por eles mesmos, mas pelo poder que Deus lhes deu de trazer à humanidade a Eucaristia e a remissão dos pecados.

Frágil, simples, além de toda a sabedoria de Deus, ela portava em seu corpo franzino os estigmas, ou seja, as chagas da Paixão de Jesus Cristo.

Ao fim de sua vida, a santa de Siena configurou-se inteiramente a Nosso Senhor, sendo coroada com os santos estigmas. Ela que era capaz de não tomar, durante cinquenta e cinco dias, outro alimento senão uma hóstia, converteu-se em um milagre vivo de Deus. Por isso, ainda em 1461, menos de um século depois de seu nascimento para o Céu, foi canonizada pelo Papa Pio II.

Oração:

Ó notável maravilha da Igreja, serva virgem, que por causa de suas extraordinárias virtudes e pelo que conseguistes para a Igreja e a Sociedade fostes aclamada e abençoada por todos.

Volte teu bondoso olhar para mim, que confiante na tua poderosa proteção pede com todo o ardor da afeição e suplica a ti que obtenha pelas tias preces o favor que ardentemente desejo.

Com tua imensa caridade recebestes de Deus os mais estupendos milagres e tornou-se a alegria e a esperança de todos nós que oramos a ti e rogamos ao teu coração tu recebestes do Divino Redentor.

Serva e virgem, demonstre de novo o seu poder e da sua caridade e o seu nome será novamente exaltado e abençoado e consiga para nós, a graça suplicada com a eficácia de sua intercessão junto a Jesus e ainda a graça especial de que um dia estejamos juntos no Paraíso em eterna alegria e felicidade.

Amém

Mensagem:

Share Button