Santinha Flávia

Padroeiro:

Dos réus cristãos.

História:

Flávia era sobrinha do Cônsul de Roma, Flávio Clemente. Nesta época, os cristãos que não adoravam os deuses romanos eram considerados ateus, e o imperador Domiciano emplacou umas série de perseguições aos cristãos.

Flávia Domitila teria sido convertida ao cristianismo por dois eunucos enquanto ela se preparava para o casamento com o filho do cônsul. Nereu e Aquiles lhe falaram sobre Cristo e a beleza da virgindade. Ela então teria abandonado o casamento e se convertido imediatamente.

Juntamente com várias outras pessoas, Flávia foi deportada para a ilha de Ponza, por ter confessado a Cristo. No atas do martírio da nobre dama romana, vemos a força penetrante do Evangelho na sociedade romana, conquistando adeptos até mesmo entre a família imperial.

Sua morte aconteceu de forma lenta, cruel e dolorosa, sem as menores condições de sobrevivência, naquela ilha abandonada.

Oração:

Senhor, pelos méritos de Santa Flávia Domitila, eu Vos peço perdão por todas as vezes em que não fui coerente com os ensinamentos de Jesus. Pelo meu egoísmo, pelas vezes em que julguei e condenei meus irmãos, por não ver as necessidades dos que estão a minha volta. Peço-Vos a graça da fidelidade e perseverança na Vossa Palavra para que na prática de caridade eu descubra a alegria de ser cristão. Santa Flávia Domitila, rogai por mim.

Amém

Mensagem:

Share Button