Santinha Maria de Cléofas

Santinha Maria de Cléofas

Padroeiro:

Das tias, pois ela foi a tia amada e presente na vida de Jesus.

História:

Maria de Cléofas era casada com Cléofas Alfeu, irmão do carpinteiro José, pai de Jesus. Ela era, portanto, cunhada da Virgem Maria e mãe de três apóstolos: Judas Tadeu, Tiago Menor e Simão, também chamados de ”irmãos do Senhor”, expressão semítica que indica também os primos.

Por sua santidade, ela uniu-se à Mãe de Deus também na dor do Calvário, merecendo ser uma das testemunhas da ressurreição de Jesus (Mc 16,1): ”E passado o sábado, Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram aromas para irem ungi-lo”. O mensageiro divino anunciou às piedosas mulheres: ”Por que procuram o vivo entre os mortos?”

Esse é um fato incontestável: nas Sagradas Escrituras vemos Maria de Cléofas acompanhando Jesus em toda a sua sofrida e milagrosa caminhada de pregação. Estava com Nossa Senhora aos pés da cruz e junto ao grupo das ”piedosas mulheres” que acompanharam seus últimos suspiros. Estava, também, com as poucas mulheres que visitaram o túmulo de Cristo para aplicar-lhe perfumes e unguentos, constatando o desaparecimento do corpo e presenciando, ainda, o anjo anunciar a ressurreição do Senhor.

Assim, Maria de Cléofas tornou-se uma das porta-vozes do cumprimento da profecia. Tem, portanto, o carinho e um lugar singular e especial no coração dos católicos.

Oração:

Ó Deus, que destes a Santa Maria de Cléofas a graça de ser irmã de Nossa Senhora, cunhada de São José e tia de Jesus, presente em todos os momentos da vida dele, dai também a nós a graça de sermos presentes junto às nossas famílias, sejam as de laços consanguíneos, sejam as de laços afetivos. Por Cristo, nosso Senhor, amém. Santa Maria de Cléofas, intercedei por nós. Ajuda-nos na relação com nossas famílias e abençoe nossos entes queridos. Santa Maria de Cléofas, rogai por nós.

Amém

Mensagem: