São Josézinho Luís Sánchez del Río

São Josézinho Luís Sánchez del Río

Padroeiro:

Dos adolescentes mexicanos.

História:

José Luís Sánchez del Río nasceu em 28 de março de 1913, em Sahuayo, no México.

Em 1926, José com apenas 13 anos, viveu em meio a uma das maiores perseguições que a Igreja Católica sofreu no século XX no México, quando o presidente Plutarco Calles, iniciou uma investida massacrante contra padres, religiosos e fiéis leigos que demonstrassem qualquer sinal da fé católica.

Estima-se que 250 mil pessoas as perderam a vida na guerra em ambos os lados.

”Joselito”, como era conhecido quando pequeno, pediu permissão a seus pais para se alistar como soldado do general Prudencio Mendoza, defensor a causa de Cristo e de sua Igreja.

Sua mãe tentou dissuadi-lo, mas ele disse: ”Mamãe, nunca foi tão fácil ganhar o céu como agora e não quero perder a oportunidade”.

José Sánchez del Río foi torturado e assassinado no dia 10 de fevereiro de 1928, aos 14 aos, por oficiais do governo de Calles, porque se negou a renunciar sua fé.

Cortaram-lhe a sola dos pés e foi conduzido descalço até o seu túmulo. Enquanto caminhava, José rezava e gritava ”Viva Cristo Rei e a Virgem de Guadalupe!”.

Diante de seu túmulo, foi pendurado em uma árvore e esfaqueado. Um dos carrascos o desceu e perguntou que mensagem gostaria de deixar aos seus pais. O menino respondeu: ”Que viva Cristo Rei e que nos veremos no céu”. Diante dessa resposta, o homem lhe deu um tiro e o matou.

São José Sánchez del Río canonizado em Roma, pelo Papa Francisco, em 16 de outubro de 2016.

Oração:

Senhor Deus que concedeu a palma do martírio a São José Sánchez del Río ao professar e defender com seu sangue a fé em Cristo Rei do Universo.

Por sua intercessão concede-nos a graça de ser como ele, forte na fé, seguros na esperança e constante na caridade.

Nós pedimos por Cristo, nosso Senhor.

Amém

Mensagem: