Santinho Arnulfo

Santinho Arnulfo

Padroeiro:

Dos cervejeiros.

História:

Arnulfo nasceu na Áustria, no ano de 580, em um tempo que o país era muito famoso por elaborar cervejas de excelente qualidade. Desde pequeno se sentia chamado a seguir a Deus, e por isso, entrou num monastério beneditino, mesmo sendo muito jovem. Posteriormente foi nomeado abade, finalmente bispo de Metz, na França, aos 32 anos.

Sendo bispo de Metz chegou naquela região uma peste terrível que contaminou a água e muita gente ficou doente por consumí-la. Por essa razão, Santo Arnulfo animava seus fiéis a deixarem de consumir a água contaminada e beber cerveja. Hoje sabemos que, ao ferver a água para a fabricação da cerveja, esta fica livre dos germes que produziam a enfermidade.

No ano de 627, Santo Arnulfo, se retirou para um mosteiro perto de Remiremont, na França, onde morreu e foi enterrado, em 640.

No ano seguinte, os cidadãos de Metz pediram que seu corpo fosse exumado e levado a cidade para enterrá-lo na Igreja local.

Enquanto carregavam o corpo de volta, vários fiéis sentiram-se cansados, esgotados e pararam numa taberna para comprar cerveja. Ao entrar, descobriram com tristeza que só havia uma garrafa e tiveram que compartilhar. Surpreendentemente a garrafa nunca acabou e todos puderam beber a cerveja e matar sua sede. O milagre foi atribuído a São Arnulfo.

Oração:

Ó Deus, que destes a Santo Arnulfo a graça de permanecer incorruptível numa corte onde reinava a corrupção e o pecado, dai também a nós a graça de permanecermos puros e limpos diante da corrupção moral que invade o nosso tempo. Suscitai também políticos capazes de se manterem honestos, visando o verdadeiro bem do povo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Amém

Mensagem: